RODOVIAS BRASILEIRAS BR 101 RIO SALVADOR

                                                                                                                                                          27.11.2016

(O espaço para comentários a esta matéria encontra-se ao final dela, após o último dos comentários).

          Saímos do Rio ao meio-dia, rumo a Salvador. A BR 101, nossa velha conhecida, não apresentou surpresas. Trata-se de uma rodovia originalmente voltada para o turismo, correndo paralela à costa brasileira e à BR 116, essa sim, um eixo rodoviário tipicamente comercial.

            Atravessamos a região dos lagos do Estado do Rio, os canaviais de Campos e entramos no Espírito Santo sem surpresas. Asfalto razoável, sinalização razoável e uma paisagem maravilhosa.

            Paramos para dormir em Guarapari, no hotel Coronado, onde ficáramos há 26 anos. Um pouco obsoleto o hotel, mas mantém o charme dos veteranos de média categoria. Para tanto, saímos da BR 101 por cerca de quatro quilômetros. Há alternativas de seguir viagem pela beira-mar, mas nossa experiência em relação àquela estrada nos levou a retornar à BR no dia seguinte.

            A partir de Serra(ES) até João Neiva(ES), aproximadamente 30 km, muita atenção: asfalto em estado crítico, muitas obras, velocidade reduzida. Não adianta tentar andar depressa.

            Daí para frente, retorno à normalidade. Asfalto razoável, sinalização razoável e paisagem maravilhosa.

            Parada em Eunápolis(BA) para dormir e no dia seguinte fazer uma visita técnica à Usina Hidrelétrica de Itapebi, no Rio Jequitinhonha. Uma experiência fantástica, com direito a tecnologia de última geração, um jacaré na represa e um sítio arqueológico descoberto quando da construção. Visita de 20 minutos que durou quatro horas.

            Pé na estrada, pernoite em Itabuna (hotel Tarik Fontes, chique e com bons preços). Acordamos cedo e caímos na estrada para tomar o café da manhã no Casarão de Pedra, um monumental resquício da lavoura cacaueira a uma hora de Itabuna. Nunca deixamos de fazer isso: o Casarão é imperdível – e agora tem uma pousada lá dentro: apartamentos confortáveis, diária de R$ 115,00 para casal, uma vista divina. Ah, um pão-de-queijo importado diretamente do céu!

            Estrada de novo. Dentro do padrão: asfalto razoável, sinalização razoável paisagens encantadoras, que lembram as áreas rurais da Europa, principalmente a Provença, na França.

            Às 14 horas, chegamos ao nosso apartamento no Farol Barra Flat, a 100 metros do farol da Barra, em Salvador. Está como deixamos em outubro. É bom estar em casa, depois de 1700 km.

            Algumas reflexões sobre a viagem:

            a) A BR 101, por ter destinação originalmente turística, evita a crista das montanhas. Ao contrário, percorre os vales entre elas. Isso significa lindos panoramas, mas também significa curvas, muitas curvas. CUIDADO!

            b) a substituição da Mata Atlântica pelos eucaliptos, entre o norte do Espírito Santo e o Sul da Bahia agride o olhar e a alma;

            c) atenção aos motoristas afoitos, normalmente pilotando utilitários chiques (Hilux, S10, Rangers etc.), porque eles vão querer ultrapassar você nas curvas e lombadas sem visibilidade, passando por cima da linha amarela contínua. Dirija por você e por eles.

            d) sem preocupações com abastecimento, uso de cartões de crédito nos postos. Mas é sempre bom não deixar o tanque descer a menos da metade.

            Boa Viagem!

                                                                       Edimar Abreu – 22.12.2008

ATAQUE DE HACKERS/CRACKERS: TUDO LIMPO NO BLOG

 

    Com mil desculpas a todos os nossos frequentadores, particularmente aos assíduos companheiros de infortúnio que aqui assinam ponto na seção “Sítios e Soluções”, em especial no post “Poço Artesiano de Água Suja”, bem como aos nossos caríssimos sputniks (companheiros de viagem) da Seção “Rodovias Brasileiras”, destacadamente do post “Brasília-Salvador”, temos a alegria  de comunicar o fim dos ataques de piratas que infernizaram nossa vida nos últimos onze meses.

    Conseguimos obter a solução técnica adequada (antivírus não resolvem) e a partir de ontem nosso site e nosso blog estão livres daquele pesadelo.

    Agradecemos a todos que persistiram conosco, acompanhando e torcendo para que tivéssemos sucesso nas tentativas de nos mantermos no ar. Um obrigado especial àqueles que, por e-mail ou telefone, nos avisavam: “não está dando para entrar, mas estamos acompanhando”; “na hora que abrir, eu entro”; “negociem com as caras, mas não saiam do ar”; “consegui entrar, mas o blog ainda não está cem por cento”.

   

   Em novo post nesse blog (www.expressaodaliberdade.com.br) , na seção Sítios e Soluções:  Blog Sob Ataque de Hackers,  estamos contando como foi a história e como conseguimos sobreviver.

Um fraternal abraço.

Abreu – 05.06.2012.  

2 comentários em “RODOVIAS BRASILEIRAS BR 101 RIO SALVADOR

  1. Estive no Hotel Coronado em Guarapari-ES do dia 26/12/10 à 29/12/10. Tendo feito reserva em outubro deste ano para ficar até 02/01/11. Não deu prá ficar até o término. Fiquei descepicionado com o site desse hotel. Nao condiz com a realidade. Todas as instalações dos quartos são precárias e sujos. Troquei de quarto tres vezes. Eles têm dois prédios. Um velho e outro mais novo, interligados. Não recomendo prá ninguem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>