RODOVIAS BRASILEIRAS: BR 365 Montes Claros-Pirapatos

dezembro 1, 2008 Abreu No comments exist

 

Olá Abreu!

Sou muito fã do seu blog,e quero parabenizar  pelo que você faz com tanto carinho para as pessoas que querem viajar com segurança nessas nossas rodovias tão ruins e mal sinalizadas. Posso garantir que são péssimas, pois as conheço a fundo: trabalho como caminhoneiro há 35 anos e sei que a pior coisa para um motorista é uma estrada desconhecida. Vejo que as dicas que você dá  são de suma importância, pois as mazelas das estradas, sem a devida malícia, podem nos levar à morte .

Mas, como motorista de caminhão que sou, também sou motorista de carro de passeio e faço minhas viagens de férias. E não há nada melhor,  antes de uma viagem, do que  saber como elas estão .

Por isso venho ao seu blog perguntar:  como estão as estradas de Brasília a Porto Seguro ?

Eu e minha família estaremos saindo de Goiânia dia 2 de janeiro de madrugada e queremos pernoitar em Vitória da Conquista .

Desde de já agradeço.

Adriana e Maurício.

Comentário postado em 19.12.2018, às 10:59 por Maurício Coutinho dos Santos

 

*******************************************************************************************************************

                                                                                                                                                       01.12.2008     

(O espaço para comentários a esta matéria encontra-se ao final dela, após o último dos comentários).

       Já é amanhã. Às 10h saímos de Montes Claros com o objetivo de pegar a BR 040 no trevo Pirapatos, para chegar a Brasília.

             Chuva adoidado, para variar. Trânsito leve (é domingo) e, após nos desembaraçarmos do tráfego urbano, entramos da BR 365, que há dois anos estava uma pedreira, com buracos perigosíssimos.

            Surpresa: asfalto de primeiro mundo, acostamento adequado, sinalização horizontal e vertical excelente, faixas de rolamento largas, terceira faixa nos aclives. Um luxo!

            Só que toda essa maravilha vai só até Pirapora, ou seja, 180 km. A partir daí, até o trevo Pirapatos, apesar de verificarmos que todos os buracos antigos foram tapados – e muito bem tapados -, a estrada continua a mesma velha senhora decrépita, com o asfalto enrugado, irregular, áspero, com sinalização inexistente em alguns trechos, animais na pista, postos com bandeiras desconhecidas e instalações precárias.

            Mas conseguimos chegar ao trevo e percorrer os 420 km até Brasília em paz, confirmando as informações anteriores sobre esse trecho.

                                                           Edimar Abreu (30.11.2008)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *